Adsense

09/03/2011

A história da Netshoes - Visão de Negócios Sempre!

Era uma loja pequena localizada na rua Maria Antonia no bairro do Higienópolis. Na época por volta do ano 2001, a loja física era composta por artigos esportivos e calçados sociais femininos e acessórios.

Mais particularmente, funcionava em uma parte de um estacionamento que era alugado comercialmente, pela família dos proprietários.


Por volta de 2003/2004 abriram mais umas lojas mostruários dentro das academias Runner/Competition e Companhia Athlética, queriam ampliar as vendas através da encomenda online.

A primeira proposta para migrar para o foco apenas esportivo veio a convite da Nike da época que propôs aumentar a cartela de produtos mas para isso a empresa precisaria ter foco esportivo. A primeira idéia foi liquidar todo estoque de calçados sociais femininos.

Tinham sapatos que custavam mais de R$ 100,00 que entraram na promoção 3 por 100,00 e posteriormente quando para finalizar geral colocamos a 3 por R$ 80,00. Em poucas semanas, já tinham o espaço necessário para trabalhar apenas no segmento esportivo.


O nome Netshoes surgiu de Shoes ( sapatos ) Net ( Internet ). O proprietário da empresa Marcio Kumruiam administrava anúncios no mercado livre, no  qualivillas ( hoje extinto ) era um parceiro do banco real e um site pessoal da empresa. E sempre trabalhou muito. Chegava bem antes dos funcionários.

Lembro me bem dessa época, quando as encomendas começaram aumentar. Todas as embalagens, conferências e envio eram postados pelos poucos funcionários na época. 

Não posso esquecer deles: Marcio, Marcelo, Danilo, Isabela, Angelina, Thiago, Agostinho entre tantos colaboradores.

A coleta dos correios era feita diariamente diretamente na loja física.

O ponto comercial era importante, mas o foco esportivo brilhou os olhos de várias pessoas.

O objetivo principal passou a ser atender apenas pela internet, além de mais seguro poderia diminuir os riscos do atendimento em loja física, que ficava, muitas vezes, exposta. 

Fecharam as unidades dentro das academias e a loja da Maria Antonia também.

Foi locado um local na região norte de São Paulo, as vendas superavam as expectativas.

A plataforma utilizada na época era fastcommerce integradora padrão de várias empresas e-commerce. Hoje já migraram pra Ikeda que é a melhor mais também tem o maior custo de administração online do mercado em torno de R$ 75mil conforme site ecommercegirl.

Nesse período por volta do ano 2005/2006 que veio a parceria com a Americanas dentre tantas outras que a Netshoes tem hoje.

Considerada a maior loja de artigos esportivos da America Latina hoje, a Netshoes segue isolada como a terceira melhor experiência de compra avaliada pelos consumidores do país.

Eu sempre comentava, um dia todos saberão quem é a Netshoes. Como conhecedora do mercado esportivo, já havia trabalhado, com o praticamente extinto Leilão de Tênis na World Tennis, sabia que existia essa brecha. E quem tivesse visão naquele momento poderia chegar onde a Netshoes chegou.










Eles nunca perderam o foco de atender bem o cliente. Sempre me diziam nosso atendimento tem quer ISO....rsrsrs

Mérito dos proprietários e equipe dedicada que tem e teve, souberam avaliar o mercado online como uma oportunidade única e agarraram com unhas e dentes o que antigos tubarões fizeram vistas grossas.

Veja mais posts sobre a Netshoes nesse link: Ver todos os post sobre a Netshoes

Um comentário:

  1. Não só o fast commerce, mas o mercado livre foi fundamental no processo online. Uma coisa eu me recordo bem, confiança e comprometimento com o consumidor. Muitas vezes eles preferiam ter um prejuízo que deixar o cliente sem a troca. Nunca deixaram de atender muito bem. Teve alguns percalços nesse processo que não valem a pena ser relembrados. Afinal o objetivo foi atingido e é isso que importa.

    ResponderExcluir

Comentários que tragam ofensas, discriminação ou preconceitos serão automaticamente apagados. Respeite os demais usuários.