Adsense Google

23 de mar de 2014

Como não perder uma grande oportunidade de negócios?




Primeiro é importante pensar que nem toda oportunidade surge quando estamos de olhos fechados. Obviamente para perceber boas oportunidades é necessário que você esteja atento(a) ao que passa ao seu redor. Observar as tendências de negócios que estão surgindo e principalmente pesquisar é fundamental para que você possa encontrar novos negócios.

Uma dica é aumentar o seu networking. Conversar com as pessoas pode garantir ótimos negócios.

O outro caminho é a observação. Esse caminho é associação ao processo de inovação, ao processo de quebra de uma conceito que estava estagnado.

Um caso de inovação que precisou de observação e a quebra de um processo estagnado é o facebook. O Mark, teve a idéia de criar a rede, mas para colocar tudo em atividade foi necessário um processo anterior para que tudo acontecesse. 

Essa etapa anterior eu chamo de ruptura do processo de estagnação mental. Ninguém consegue criar algo novo se sua mente não estiver apta a aceitar os riscos e as consequências das ações executadas. E o maior problema é acomodação mental. Obviamente tudo que é novo, pode ser um risco e poucas pessoas estão aptas a correrem o risco. 

Obviamente com os estudos sobre inovação e pesquisa de mercado atuais, é possível amenizar alguns riscos das inovações que surgem por aí. Afinal inovar não é barato. Mas a inovação é fundamental para adequação ao novo mercado que surge todo o dia. 

Mesmo em casos de empresas que vendem produtos de consumo, nesse quesito uma venda recorrente, é necessário inovar, já que surgem produtos e ações de marketing podem roubar um consumidor de um produto que supostamente já estaria consolidado a anos. 

Algumas pessoas, me questionaram em alguns momentos, e já me deparei com perguntas: como eu crio algo novo? Como eu ganho dinheiro com isso? 

Primeiramente quero dizer que não adianta criar algo novo se você não sabe observar. A necessidade surge da necessidade de algo não suprido. Para entender suas necessidades, caso você já tenha uma empresa, comece ouvindo seus funcionários, o seu cliente, os seus líderes e principalmente o seu dia a dia.  

Depois crie modelos para filtrar as idéias que chegam em sua gestão. Um exemplo claro disso é: Coloque caixinhas de sugestões nos departamentos, crie formulários de pesquisa para seus clientes e reserve um tempo do mês para ler o que está sendo feito nos demais departamentos.

Muitas vezes, o que ocorre é que nas empresas, onde existem muitos funcionários, o processo de inovação é perdido e não executado como deveria. Os trabalhadores operacionais são ótimos inovadores em alguns casos e podem dar bons insights para gerar automatização dos processos da empresa. 


Um dos dificultores do processo, pode ser a gestão do operacional que muitas vezes frusta o operacional ao tomar posse dos méritos da inovação ao repassar essa informação ao diretor, e isso faz com que a inovação do operacional não seja estimulada. Outro processo é simplesmente a não abertura para receber tais sugestões. Como é o caso da empresa que não ouve seus funcionários, pois acredita que eles não têm nada a acrescentar ou possuem pouca experiência para opinar em algo já consolidado. 

Esta frase: "Você não possui experiência para opinar em algo que já está consolidado", foi a frase que eu ouví em 2001, quando ao me dirigir ao diretor da empresa World Tennis, sugeri que melhorias no departamento de e-commerce fossem realizadas.  A empresa operava em sistema de leilão. Em 2003, eu estava na Netshoes que iniciava seu experimento de vendas no Mercado Livre, ao qual permanecí até 2006.

Isso não é apenas uma teoria, é uma realidade. Acredite!

O mercado de negócios, é limitado. Há aproximadamente 6 bilhões de pessoas no mundo. Se seu target ou seja 1% dessa população comprasse seu produto. O que você faria depois? Fecharia sua empresa ou teria que pensar em algo para atender as demais pessoas? Como você acha que sua receita poderia se tornar recorrente? Ou você vai deixar seu concorrente passar na sua frente de ferrari enquanto você anda a pé?

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Rachel Fernandez, é produtora audiovisual e de moda. Especialista em marketing e mídia de performance com foco em empresas de varejo e serviços online. Apaixonada por novas tecnologias, inovação e negócios. Nas horas vagas, pesquisa sobre tudo o que acontece no mundo, desde os sapatos das celebridades até os efeitos do retorno de Saturno. Email: rafernandez@hotmail.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que tragam ofensas, discriminação ou preconceitos serão automaticamente apagados. Respeite os demais usuários.